-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.

Insira o seu endereço de email:

Delivered by FeedBurner

Cosplay do dia: João Luiz Kodama (Simon “Ghost” Riley)

João escolheu como frase do dia: “We have a nuclear missile launch! Missile in the air! Missile in the air! Code Black! Code Black!”

João Luiz Kodama, tem 26 anos, é de Brasília, Distrito Federal, seu cosplay é do personagem Simon “Ghost” Riley do game Call of Duty Modern Warfare 2.

Qual sua relação com o cosplay e a obra a que ele pertence?

A minha relação com o personagem é antiga, pois sempre eu gostei de assuntos militares e de games de tiro, quando o game Modern Warfare 2 saiu em 2009 eu fiquei muito ansioso por ele. Assim que joguei e o Ghost apareceu em uma fase que se passava em uma favela do Rio de Janeiro pensei ” Nossa ele é muito fera”, além de ser um personagem muito querido na série.

Joao Luiz Kodama Simon Ghost Riley
João Luiz Kodama Simon Ghost Riley

Como surgiu a ideia de realizar o cosplay deste personagem?

A ideia surgiu com minha descoberta pelo esporte do “Airsoft”, onde no Japão e Taiwan os jogadores montam suas roupas baseadas em jogos de tiro, animes, filmes e eles frequentam eventos com seus “Loadouts” (Nós Chamamos o equipamento assim no airsoft). Pensei que poderia fazer algo parecido aqui na minha cidade com o personagem Ghost já que o achava muito legal, apesar de sua história triste.

Como foi a elaboração do cosplay?

Ai que entra a parte complicada de toda essa empreitada. Foram meses de pesquisa e procura de itens que pudessem se parecer muito com a roupa que ele usa na fase do Rio de Janeiro, o difícil e que os itens são mais caros, mas como eu decidi juntar o Airsoft com o Cosplay, achei que poderia valer a pena.

Indicação de leitura: Estefani Rodrigues (Seras Victoria)

Até que consegui achar uma loja que me garantiu todos os itens da roupa, já que sou péssimo com costura, somando minha insistência por querer que fosse o mais realista possível. Sou realmente chato com isso, mas o caro era a arma que usei uma Airsoft que comprei de um amigo que estava vendendo. Onde deu aquele “tchan” na roupa hehehe…

Cosplay Simon Ghost Riley
Cosplay Simon Ghost Riley

A quanto tempo este cosplay foi feito e a quanto tempo você o usa?

Eu fiz esse cosplay em 2014 e desde então tenho melhorado ele. Comprei novos acessórios e fiz outros cosplays com a mesma temática, mas esse esta entre meus favoritos.

Como é a interpretação deste cosplay?

Quando eu faço esse cosplay eu tenho que esquecer tudo e agir como o Ghost em uma situação de conflito contra separatistas Russos ou Terroristas do Oriente Médio(Risos). Esse cosplay me fez estudar muito sobre manejo de armas e como é ser um verdadeiro soldado das forças especiais e os admiro muito pois eles mostram que heróis existem….

Quais foram os principais eventos e situações passadas com este cosplay?

Os principais eventos que fui com esse cosplay foram o Geek Prime, Jam Nerd ambos em Brasília e a CCXP em São Paulo. A situação mais engraçada foi eu estar na porta do evento e fui abordado por policiais que apenas pediram para tirar foto comigo, eu achei que ia preso, pois minha Airsoft mesmo estando na maleta é muito chamativa (Risos).

Cosplay Joao Luiz Kodama Simon Ghost Riley
Cosplay João Luiz Kodama Simon Ghost Riley

Tem alguém que gostaria de agradecer?

A minha mãe que me ajudou muito com esse cosplay, pois foi bastante caro e que sempre aceitou minha preferência e meus amigos Giovane, Bernardo e Elisa que me incentivaram muito a continuar com esse estilo de fazer cosplay! Além do Claudio Escobar o fotografo que tirou as fotos e fez o efeito no Photoshop.

Considerações Finais:

Realmente esse cosplay mudou minha vida, me fez conhecer novos amigos e decidi caminhar com o hobby e seguir realmente o estilo Military Cosplay…

Call of Duty Modern Warfare 2
Call Of Duty Modern Warfare 2

Acompanhe o trabalho de João através de sua Página no Facebook e Instagram.

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *