Altered Carbon – NetfLix

Altered Carbon é uma série original Netflix, que teve sua primeira temporada lançada integralmente no serviço em 02 de fevereiro de 2018.

Série de televisão de ficção científica

Imagine tudo o que você conhece sobre a vida. Deixando questões filosóficas de lado, a única certeza de que temos é de que ela um dia irá acabar.

Pois então, Altered Carbon altera totalmente nossa ideia de vida e morte, através de um dispositivo que é capaz de armazenar toda a mente e habilidades de uma pessoa e transferi-lo para outro corpo, aqui chamado de “capa”.

Indo mais além, temos os chamados de “Matusas” – em referência é claro à Matusalém, que segundo a bíblia, viveu por 969 anos – que são seres humanos que vivem por muitos anos, trocando sempre de “capa” através de clones e acumulando riqueza através dos séculos.

Se em nosso mundo vemos já vemos uma desigualdade social enorme, imagine neste futuro, onde a morte, que é a única coisa que torna todos os seres humanos iguais, sendo totalmente destemida.

E é nesse mundo cyberpunk a que Altered Carbon nos apresenta inicialmente, com muita ação e uma história que vai te prender na frente da televisão.

Takeshi Kovacs

Inicialmente vamos aprendendo os conceitos por traz deste universo através dos olhos de Takeshi Kovacs (Joel Kinnaman), que acorda de um sono criogênico de 250 anos, onde ficou preso para pagar pelos seus crimes.

Vamos aos poucos descobrindo o seu passado e o seu relacionamento e obsessão por Quell (Renée Elise Goldsberry), que serviu como uma espécie de mentora em seu passado, agindo no presente somente dentro da mente perturbada de Kovacs.

O desenvolvimento do personagem é muito interessante, principalmente quanto ao relacionamento com outros personagens.

Um excelente exemplo disto é seu relacionamento conturbado com Kristin Ortega (Martha Higareda), que passa de “policial chata” a uma parte importante no andamento da história.

Futuro Cyberpunk

altered carbon
Altered Carbon – NetfLix

O visual de Altered Carbon lembra bem o do filme Blade Runner e, certamente, é uma das produções mais bonitas da Netflix.

Desde a sua cidade futurista, com todas aquelas nuvens cinzas, chuva constante e letreiros em neon. Até mesmo onde os ricos da cidade moram, longe de toda aquela confusão e dando um ar de superioridade.

Todo o cenário apresenta bem a proposta da série, se tornando sujo e na maior parte das vezes te deixando desconfortável com toda aquela humanidade decadente.

Vale lembrar que mesmo com toda esta tecnologia, ainda temos assim a resistência religiosa, que teve de se adequar a essa nova realidade, com humanos que vivem para sempre esfregando superioridade na cara da sociedade comum.

A expansão que este universo vai sofrendo durante os episódios é tão incrível que até mesmo esquecemos de que há um mistério central que Kovacs deve resolver.

O que não necessariamente diz que é irrelevante, porém, é incrível ver a inteligência artificial e até mesmo a realidade virtual sendo elevados à decima potência, tornando todo o resto pequeno demais para se comparar.

Conclusão

A primeira temporada de Altered Carbon veio como uma história Cyberpunk e um conceito incrível, embora não totalmente original.

Você realmente se sente tentado a acabar a série o mais rápido possível, simplesmente devorando o máximo ode episódio que der em uma sentada no sofá.

Se você ainda não viu, não deixe de conferir esta história genial, baseada no livro de Richard Morgan.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. AceitarMais informações