COLUNAS

Uncharted – 35 coisas que você não sabia sobre Uncharted

Aqui vão algumas curiosidades sobre uma das séries mais populares da geração atual. Algumas podem ser descobertas simplesmente prestando atenção em certos elementos do jogo, já outras são bem mais específicas. Talvez um nome melhor para o artigo seria “35 coisas que talvez você não saiba sobre Uncharted”, mas agora já foi.

Uncharted the lost legacy

A propósito: o artigo contém apenas um spoiler, e é de Uncharted 1. Então podem ler sem medo!

1) O nome de Nathan Drake não foi escolhido por acaso. Além de Drake ser o mesmo sobrenome de seu antepassado Sir Francis Drake, as iniciais do personagem formam as letras ND – as mesmas iniciais da Naughty Dog, desenvolvedora do game.

2) No primeiro jogo Drake usa um coldre de pistolas que, na parte de trás, possui as letras NDI (Naughty Dog Inc.). Outra auto-referência!

3) Fazendo uma análise dos mapas e dizeres que aparecem no fundo da tela-título do primeiro jogo, imagina-se que a ilha perdida onde boa parte dele acontece pode estar localizada no Triângulo das Bermudas. O lugar é conhecido pelos seus desaparecimentos misteriosos, já que muitos navios e aviões que passaram por aquela região nunca mais retornaram. Faz sentido agora?

4) A Insomniac Games (criadora de séries como Spyro e Ratchet and Clank) é bem amiga da Naughty Dog e as duas vivem inserindo internas dos jogos de uma nas séries da outra. Uma delas é que os protagonistas de Uncharted e Resistance dividem o mesmo primeiro nome, Nathan. Os dois jogos foram lançados pro mesmo console e mais ou menos na mesma época. Mas a Naughty Dog jura que escolheu esse nome pro Nate antes de saber que o Nathan Hale de Resistance ia ter o mesmo nome, então isso é um “Easter Egg sem querer querendo”…

5) A Naughty Dog vive inserindo referências a seus jogos passados também. Logo no começo de Uncharted 1, Drake e Elena estão em um barco no meio do oceano quando são emboscados por “piratas dos modernos, que não fazem prisioneiros”. Quando Sully chega de avião para salvar o dia, na lateral do veículo é possível ver um desenho com os dizeres “Hog Wild”. Esse é o nome de uma fase do primeiro Crash Bandicoot, de PS1.

6) Nessa mesma cena, Drake usa um traje de mergulho cuja marca é “Ottsel”. Ottsel é uma mistura das palavras “Otter” e “Weasel” (Lontra + fuinha) e é a raça de Daxter, um dos personagens da série Jak and Daxter.

Uncharted 3

7) Uncharted 3 tem ainda uma referência a The Last of Us logo no primeiro capítulo. Depois da briga no pub, se você ir até a direita do balcão e usar a função de mira para olhar para o jornal que está sobre ele, verá que ele diz “Cientistas ainda se esforçam para entender fungo mortal”.

8 ) Em PlayStation All-Stars Battle Royale, o “Smash Bros da Sony“, Drake possui em seu arsenal de golpes várias armas vistas nos jogos e também muitos movimentos característicos da série: o Brutal Combo, jogar granadas, se esconder atrás de paredes e até mesmo ter o chão desmoronando sob seus pés, coisa que já virou rotina nas aventuras do caçador de tesouros.

9) Além disso, o Super de level 3 do personagem é uma referência direta (pra não dizer um SPOILER) de Uncharted 1: aparece no cenário nada mais, nada menos que o sarcófago amaldiçoado de El Dorado. Ele infecta todos os oponentes, que se transformam naqueles seres rastejantes e ficam incapazes de usarem seus golpes. Quando Drake usa esse Super, uma música de ação de Uncharted 1 toca durante a luta.

10) Falando em música, o compositor da série Greg Edmonson é o responsável por também compor a trilha sonora de Firefly, série aclamada por muitos nerds!

11) Uncharted 3 nos apresentou Charlie Cutter. O sobrenome dele é o nome de um personagem da série Jak and Daxter, especificamente do jogo Jak X: Combat Racing – considerado por mim um incrível kart racer que não é Mario Kart!

12) Nolan North é o dublador que forneceu voz e atuação para Nathan Drake. Além dessa série ele trabalhou em dezenas de outros jogos e desenhos. Outros papéis notáveis seus são Desmond Miles (Assassin’s Creed), Deadpool (Ultimate Marvel vs Capcom 3 e DeadPool: The Video Game), Pinguim (Batman: Arkham City) e o Príncipe (Prince of Persia 2008).

Uncharted
https://www.ebgames.com.au/product/ps4/222552-uncharted-2-among-thieves-remastered

13) Ainda falando de atores e dubladores, o ator Graham McTavish fez o papel de dois chars da série principal: Lazarevic em U2 e Cutter em U3. Já os personagens Navarro (U1), Tenzin (U2) e Talbot (U3) são também todos atuados pela mesma pessoa! Este é Robin Atkin Downes, que ainda trabalhou em um monte de séries conhecidas não apenas de games mas também em desenhos e na TV.

14) Jogou os 3 jogos de Uncharted e pensa que já viu tudo o que tinha pra ver dessa série? Pois saiba que além dos 3 games principais há também um para o PS Vita, uma motion comic, um card game virtual, um livro, histórias em quadrinhos e mais!

15) Já que entramos no assunto “outras mídias”, um filme já está sendo esboçado desde meados de 2008. Depois de muitas ideias, algumas aproveitadas e outras não, o roteiro do longa está sendo reescrito do zero. Os roteiristas são os mesmos de A Lenda do Tesouro Perdido, aquele com o Nicholas Cage. Será que um dia o filme sai?

16) A diretora de criação Amy Hennig já dirigiu outros jogos antes mesmo de entrar pra Naughty Dog. Um deles foi Michael Jordan: Chaos in the Windy City, que é um jogo bizarro envolvendo gente famosa. Pois é…

17) De acordo com o livro, Drake não gosta de matar pessoas e só mata quando necessário. Tanto que nessa obra não há quase nenhuma morte intencional causada por ele. Mas depois de jogar os jogos, fica difícil acreditar numa afirmação dessas… se bem que sobreviver é preciso, então Drake faz o que tem que fazer (bem, talvez ele tenha levado essa ideia “um pouquinho além” do necessário).

Uncharted 2

18 ) Inclusive Drake foi bem recebido em vários reviews de jogos por ser um pouco mais “humano” que os personagens padrão de video-game. Ele tropeça enquanto corre, não se move de um jeito premeditado/certinho enquanto anda, vive fazendo comentários bestas aleatórios e, principalmente, está ciente das situações absurdas que acontecem com ele. Uma das minhas favoritas é ele em Uncharted 2 comentando da quantidade insana de soldados que ele tem que enfrentar, e como o vilão fez pra contratar tanta gente.

19) Talbot foi concebido pra ser um “rival de Drake”, tanto que os personagens são parecidos de corpo e rosto, e possuem habilidades físicas semelhantes (o que pôde ser visto principalmente naquela perseguição gigantesca a pé pelas ruas do Iêmen). Na minha opinião ele desempenhou bem esse papel. (Detalhe: Talbot é o meu char favorito de U3)

Uncharted 1

20) Já Drake possui uma estranha semelhança com Jason Rubin, co-fundador da Naughty Dog que deixou a empresa logo antes da produção de Uncharted 1. Coincidência ou homenagem?

21) Pra quem não jogou o multiplayer de Uncharted 3, ele tem um modo Campanha paralelo onde aparecem personagens dos jogos antigos (Eddy Raja, Harry Flynn e Zoran Lazarevic). Os personagens também revisitam cenários como a fortaleza do primeiro jogo. A história é obviamente não-canônica, mas uma das coisas mais engraçadas é ver os vilões interagindo! Lazarevic já é nervoso por natureza, e ver ele perdendo a paciência com o Eddy Raja, que nunca cala a boca, é priceless!

22) Outra coisa engraçada do multi são as taunts (provocações) que os jogadores podem usar. Tem muitas zoações também. Entre as mais “famosas” temos a dancinha do Carlton, uma pose clássica do Freddie Mercury e até mesmo o Gangnam Style.

23) Um dos itens que pode ser comprado nesse modo são os “Jak Goggles”, adereço utilizado pelo protagonista de Jak and Daxter. Mais uma referência a J&D!

24) Logo antes do lançamento de Uncharted 3, o jogo fez uma promoção junto com o Subway dos EUA! Se alguém pedisse uma bebida promocional específica no Subway, ganhava um código para usar na PlayStation Store que dava acesso ao multiplayer de U3, um mês antes do lançamento! Legal, né?

25) Durante esse período, era possível customizar o jogador com itens como uma camisa e um boné do Subway. E uma propaganda de TV mostrava Drake em algumas cenas do jogo, utilizando itens do Subway e com um sanduba na mão. Cada coisa!

26) Em Uncharted 2, um dos objetivos da Naughty Dog era fazer “a melhor neve já vista em um jogo”. De acordo com alguns reviews, eles conseguiram. Do mesmo modo, em Uncharted 3 eles almejavam fazer o deserto mais autêntico possível.

27) Os tesouros escondidos que Drake coleta são inspirados em culturas reais. Li um guia que mostra que a Naughty Dog faz altas pesquisas para aprender sobre diversas culturas do mundo e criar ornamentos que têm a ver. Então quando você ver a sua lista de tesouros encontrados e ler nomes como “Inca”, “Coatimundi”, “Tairona”… ou ver que tal item usa uma pedra preciosa específica ou tem detalhes em formatos elaborados… saiba que isso tudo não é “aleatório” ou inventado.

28 ) Além disso, todo jogo da série tem um tesouro especial chamado Strange Relic, que dá um troféu quando é encontrado. Mas o que exatemente é essa relíquia estranha? Trata-se de um Precursor Orb, um item tirado diretamente da série – adivinhem só – Jak and Daxter! A orb ficava escondida pelos cenários daquele jogo e também destrancava coisas quando era pega, tal e qual os tesouros de Uncharted. Era um item raro, exceto no primeiro jogo onde ele era equivalente às argolas de Sonic e moedas de Mario, sendo encontrado em toda parte.

29) Uma das características visuais do protagonista é ele usar metade da camisa pra dentro da calça e metade pra fora. Esquisito, né? A roupa dele foi feita assim para que o design do personagem fosse assimétrico.

30) No primeiro jogo, Drake tenta (em vão) se comunicar com os piratas, em indonesiano, falando coisas como “Buka pintu”. Essa frase significa “Abram o portão”. Os piratas de fato abrem o portão, mas não pelas razões que Drake queria…

31) De acordo com um dos sites oficiais do primeiro jogo, o nome do programa de TV que Elena apresenta é… Uncharted (“Não cartografado”). A-há!

32) Inclusive essa personagem era um pouco diferente durante as concepções iniciais do jogo. As primeiras imagens mostravam uma Elena Fisher de cabelos castanhos e com o rosto um pouco diferente.

33) O primeiro trailer de Uncharted 1 mostrava um Drake bem mais brutal e inescrupuloso, e menos parecido com o personagem que conhecemos hoje. O jogo parecia ser bem mais sério e “normal” também. De fato, vendo apenas aquele trailer, eu achava que esse jogo ia ser uma bosta, e “apenas mais um jogo qualquer de ação”! Ainda mais por eu ser fã das outras séries da ND e não me conformava que a empresa fosse fazer um jogo sério, com pessoas fotorrealistas, depois de tanto tempo fazendo jogos cartunescos e com visual mais light. Sim, eu NÃO BOTEI FÉ em Uncharted na primeira vez que vi algo sobre ele! E veja onde estamos agora…

34) Estranhou o fato de Cutter aparecer só em metade do jogo em que deu as caras, e depois simplesmente não se fala mais dele na história? Isso aconteceu devido a um conflito de datas… Acontece que o ator que fez o Cutter, Graham McTavish, teve que partir para a Nova Zelândia para as filmagens de O Hobbit (ele faz o papel de Dwalin). Por isso, a participação do personagem teve que ser reduzida.

35) Quer se divertir em Uncharted 2? Pois eu tenho uma sugestão: vá para o capítulo do Nepal (ou outro capítulo onde o cenário esteja repleto de objetos quebráveis e movíveis), habilite os cheats “Infinite Ammo” e “No gravity”, pegue suas armas favoritas e saia atirando em tudo e em todos. Recomendo usar a RPG-7 ou a AK-47 pra sair detonando com tudo. O cenário vai ficar cheio de coisas flutuando por aí! Pedaços de vasos, objetos que estavam no chão… cadáveres de inimigos…
Inclusive você pode brincar de tentar acertar os inimigos mortos com a RPG-7 enquanto eles flutuam pelo cenário, e tentar empurrar eles para cada vez mais longe… sério, dá pra passar um tempão se divertindo com uma atividade dessas! Experimente!


Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *