Games Filmes Animes

Qual a diferença entre Fantasia, Cosplay Original e Cosplay Genérico?

Qual a diferença entre Fantasia, Cosplay Original e Cosplay Genérico? | O Guia Definitivo do Mundo Cosplay.

Fantasia, Cosplay Original e Cosplay Genérico

Existem várias ocasiões onde as pessoas utilizam fantasias como no Carnaval ou no Halloween e é bem difícil definir o que difere um cosplay de uma fantasia utilizada em uma data comemorativa, um baile de máscara ou uma festa a fantasia.

Fantasia ou Cosplay?

Como já dissemos no primeiro artigo O que é Cosplay? que o sentido etimológico da palavra cosplay é (costume play, do japonês コスプレ – kosupure; podendo ser traduzido para o português como “brincar de fantasiar-se”) e que “Cosplay é a ARTE de se transformar em um personagem utilizando de maquiagem, interpretação, vestuário e demais técnicas exigidas pelo alter ego do artista ou do personagem que está interpretando” levando em consideração que cosplayers quando fazem cosplay tentam assemelhar-se ao máximo ao personagem, não apenas através de roupas e acessórios, mas também através de diversas técnicas como projeção vocal, clareza de expressão, expressividade física, interpretação de drama e vários outros fatores que englobam uma atuação, pois um personagem nada mais é do que qualquer ser atuante em uma história ou obra, entendemos que um cosplay é a pessoa que de fato interpreta um personagem através de uma atuação.

Cosplay Original
Cosplay Original de Succubus | Yuuki Kamiharu

Na maior parte das vezes um personagem possui uma história, o que não é uma regra, mas algo que todo o personagem deve possuir, que é o que torna ele único e diferente de qualquer outro objeto ou cenário inanimado é uma personalidade, que de acordo com o livro alemão Persönlichkeitstheorien (Teoria da Personalidade) de Daniel Cervone, Oliver P. John e Lawrence A. “A personalidade é o conjunto de características psicológicas que determinam os padrões de pensar, sentir e agir, ou seja, a individualidade pessoal e social de alguém.” Isso sem esquecermos que a formação da personalidade é um processo gradual, complexo e único a cada indivíduo.

Para entender melhor sobre os aspectos de um personagem recomendamos a leitura do artigo de Sandro Massarani sobre criação de personagem.

O que é Cosplay Genérico e Cosplay Original?

Entendemos então que: Fazer cosplay exige que a pessoa saiba atuar como um personagem que possui uma personalidade pré-definida e isto não é algo tão difícil quando falamos de um personagem de uma obra publicada como um anime, game, filme, etc. mas e quando falamos de um personagem que não seja de uma obra publicada?

Rodrigo Silva
Cosplay Original de Collins Kenway

Seja ele criado pelo próprio cosplayer ou por qualquer outra pessoas, através de uma Fanfic (narrativa ficcional, escrita e divulgada por fãs), um RPG (Role-playing game “jogo de representação”) ou outras diversas formas de criação de personagens, o essencial é que este personagem possua uma personalidade que diferencie ele de qualquer personagem genérico.

Facilmente encontramos um Cosplay Genérico em algumas caracterizações de fantasias de Carnaval, zombies na Zombie Walk, bruxas e vampiros para o Halloween ou até mesmo um “personagem” sem traços de personalidade como um membro de uma multidão em qualquer tipo de obra publicada.

Dito isso, nós entendemos que um Cosplay Genérico ou uma “Fantasia Genérica” não necessariamente é um cosplay, mesmo que de forma etimológica isso esteja certo. Em contra partida, uma fantasia de um personagem que não tenha sido publicado, à partir do momento que a pessoa que a veste também interprete a personalidade deste personagem através de uma atuação, essa pessoa é um cosplay, independente deste possuir uma história ou até mesmo um nome e é isso o que chamamos de “Cosplay Original“.

Mas então o que é e o que não é Cosplay?

Alguma dúvidas ainda ficam no ar sobre o que é e o que não é cosplay, porém levando em consideração as definições do que é cosplay, independente do significado etimológico, podemos utilizar um exemplo:

“Uma pessoa que utilize um manto preto com nuvens vermelhas e uma bandana ninja similar a da obra Naruto, sem outros acessórios que facilitem a identificação dela como um dos membros específicos do anime/mangá, é um cosplay?”

Akatsuki de Naruto
Manto preto com nuvens vermelhas

A resposta é mais simples do que parece, independente desta pessoa estar parecida fisicamente ou não com o personagem, se ela interpreta ele, atuando de acordo com a personalidade pré-estabelecida em Naruto que este personagem possui, sim ela é um cosplay!

Assim como, se ela utilizar de uma interpretação específica atuando como um personagem criado por ela mesma, ou outra pessoa, sendo que este personagem não faz parte da obra original, mas possui características específicas que definam uma personalidade para este, ela também é um cosplay, mesmo que esse seja inspirado em uma obra já publicada, pertencente ou até mesmo semelhante a um personagem criado para uma Fanfic ou RPG, pois isso também não é uma regra!

Concluímos então que etimologicamente qualquer pessoas que “brinque de se fantasiar” independente de quão bem elaborada ou semelhante a original é a sua fantasia. Ela é um cosplay! mas ainda assim existem definições específicas do que é um Cosplay Genérico e um Cosplay Original que nada mais são do que tipos de cosplay assim como Crossplay e Gender Bender.

Porém o mais importante de tudo é que a pessoa divirta-se, se ela quer se fantasiar chamando isso de fazer um Cosplay, um “Cospobre”, um Cosplay Original, um Cosplay Genérico, fantasiando-se perfeitamente ou não, interpretando o personagem ou não, sempre essa pessoa deve ter a máxima #AmorCosplay e fazer cosplay pelo simples fato de que quer fazer.


Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *