BIOSHOCK – GAME COM MUITA EMOÇÃO

Bioshock foi um dos games de tiro em primeira pessoa que eu mais gostei de jogar.

Série de videogame

A história do jogo é a grande culpada por me fazer ficar entretido por horas a fio na trama misteriosa e por vezes confusa que te obriga a prestar atenção aos mínimos detalhes. Há quem jogue sem se preocupar em entender a história, mas essas pessoas perdem o que Bioshock tem de melhor. A falta de tradução ou dublagem atrapalha um pouco, mas vale a pena aprofundar.

Tudo se inicia no oceano, e você é Jack, o único sobrevivente da queda de um avião, boiando em mar aberto. Logo você descobre uma superfície com uma entrada secreta que te leva a uma cidade submarina desconhecida, chamada de Rapture, que é linda, mas parece estar em decadência, largada e com vários lugares destruídos, parecendo inicialmente estar abandonada. 

Com várias propagandas de estilo retrô e máquinas de produtos estranhos espalhados pela cidade você vai descobrindo o que aconteceu e como a cidade foi construída. Foi tudo um plano do rico industrial Andrew Ryan, que decidiu construir uma cidade submersa secretamente, separada da humanidade, sem governo ou religião, auto suficiente, para que seus novos habitantes não precisassem mais sair.

Video Game Bioshock

Seria uma sociedade 100% capitalista, onde cada cidadão teria que conquistar o sucesso com seu próprio potencial. Não existiriam serviços sociais, tudo seria pago e cada pessoa teria a chance de construir seu próprio negócio, desde bombeiros a serviços de saúde. É lógico que não deu certo. Quem não tinha sucesso não podia voltar à superfície, e a pobreza se alastrou, causando descontentamento e por fim uma guerra civil. 

Para piorar a situação foi descoberta uma maneira de extrair células-tronco de lesmas encontradas no fundo do mar, que se injetadas nas pessoas, poderiam alterar geneticamente o corpo humano, dando poderes e aumentando as capacidades de quem utilizava. Essas células-tronco compradas receberam o nome de Adam.

O Adam com a função de gerar os poderes dos seres humanos é chamado de Plasmids, criados por cientistas com ajuda financeira do grande vigarista Frank Fontaine, o vilão do jogo, que atua em quase todas as áreas de Rapture, em especial o contrabando. Ele vê nos Plasmids um grande potencial de enriquecimento, e o comércio desse produto faz com que as pessoas se viciem e necessitam ainda mais de Adam, que começou a ficar escasso.

Bioshock the collection steam

Mas isso não é problema para quem tem uma mente genial e falta de ética e escrúpulos. Fontaine descobre uma maneira de sugar o Adam das pessoas mortas, que começaram a ser comuns durante a guerra civil que estava acontecendo. 

No decorrer do jogo, você tem que conseguir Adam para se curar e Plasmids para ter poderes de ataque e até cura. Em uma mão você utiliza as várias armas que você encontrar pela frente, todas da época em que o jogo se passa (década de 60), e na outra mão você solta os poderes, que você vai mudando de acordo com suas necessidades.

O grande problema é que as pessoas começaram a ficar loucas devido ao uso excessivo de Plasmids, e para matar um ao outro não eram necessárias armas, pois os poderes estavam em suas mãos. Para que atirar em alguém com uma arma de fogo se raios e chamas podiam ser desferidos contra os seus oponentes.

bioshock
BIOSHOCK

Para complicar a vida de Jack, que está se habituando a esse novo mundo, esses ensandecidos por Plasmids se tornaram criaturas completamente perigosas, sem pensar muito no que estão fazendo e atacam sem nenhum aviso, dando grandes sustos no decorrer da história.

Sobre o jogo

O ambiente é escuro, devido à degradação das estruturas e o aspecto retrô dá um ar ainda mais amedrontador a todos os cantos escuros, bares, teatros, cinemas, restaurantes, quartos e laboratórios que permeiam a cidade. As propagandas são uma arte saudosista e marcante. A jogabilidade vai melhorando de jogo em jogo e você se perde nesse mundo, querendo saber o que vai acontecer. Quando percebe já se passaram horas de jogo.

Por fim, as figuras mais interessantes do jogo são as Little Sister, crianças com a capacidade de sugar os Plasmids dos mortos. Na verdade, são órfãs, “nem todas”, que sofreram experiências com as lesmas colocadas em seus estômagos, garantindo assim uma produção em massa de Adam

Devido a sua nova natureza elas começam a ser vítimas dos viciados em busca de mais Plasmids, eis que são criados protetores para elas, os Big Daddies, humanos encrustados em um enorme escafandro com uma broca na mão direita. Cabe ao jogador conseguir Plasmids, muitas vezes uma Little Sister pode ser um caminho mais curto para conseguir uma grande quantidade desse material, mas sempre tem um Big Daddy para te impedir, e dá trabalho conseguir vencer um desses grandalhões. 

Vale lembrar que suas ações podem desencadear problemas no futuro do jogo e Jack tem escolhas que poderão ser benéficas ou maléficas, mas isso é escolha do jogador, que terá que arcar com as consequências no final.

Um mundo rico em histórias, e Jack vai adentrando nessa aventura sem saber ao certo o que fazer, mas vai descobrindo que nem tudo é o que parece e sua presença ali talvez não tenha sido acidental. Suas descobertas acontecem quando ele encontra gravações com detalhes dos fatos ocorridos no passado. 

Seus passos são guiados desde um início por uma pessoa misteriosa que se denomina Atlas, dizendo no rádio que ele corre perigo. Sem saber em quem acreditar você confia e vai seguindo as instruções, passando por mecanismos de segurança e sendo um dos únicos a ser capaz de utilizar a Vita Chambers, uma máquina capaz de restaurar a vida (utilizada no jogo quando você perde).

BioShock series

Mas por que Jack? Quem é Atlas? Como sair da cidade? Lançada em 2008 pela 2K (Irrational Games), é uma criação de Ken Levine, um gênio que criou uma história surpreendente, com várias reviravoltas, sendo que o personagem principal é mais do que aparente e nem sabe disso.

E para quem pergunta qual o melhor bioshock fica a sua escolha/decisão, pois cada momento é um suspiro diferente, pois a coleção é grande além do BioShock 2 e do BioShock Infinite. Posso afirmar que a diversão é garantida. Para conhecer mais sobre Bioshock On Steam acesse https://store.steampowered.com/app/7670/BioShock/?l=portuguese.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. AceitarMais informações