The Ranch Review | Sitcom produzido pela NetFlix, sem inovação e graça, é a pior opção do catálogo

[wp-review id=”9306″]

The Ranch Review

Provavelmente você ficou semanas com a Netflix te enviando esse novo seriado na sua tela inicial, é compreensível se ainda não resolveu assistir porque ele não recebeu muito hype ou atenção da mídia. Se ainda não o fez, nem precisa perder seu tempo tentando. Responsável por produzir séries de peso como House of Card, Sense8 e Orange is the new Black, a Netflix arriscou apostar em um sitcom.

Para quem não sabe, Sitcom é uma abreviatura da expressão inglesa situation comedy (“comédia de situação”, numa tradução livre), é um estrangeirismo usado para designar uma série de televisão com personagens comuns onde existem uma ou mais histórias de humor encenadas em ambientes comuns como família, grupo de amigos, local de trabalho. Em geral são gravados em frente de uma plateia ao vivo e caracterizados pelos “sacos de risadas”, embora isso não seja uma regra. (Wikipedia)

the ranch review

Mas vamos ao The Ranch, o maior apelo foi para a reunião de atores do sitcom That ’70s Show (De Volta aos Anos 70) que ganhou 8 temporadas e exibido de 1998 até 2006, o elenco conta com Ashton Kutcher e Danny-o, não se preocupe se não conhece esses nomes, no Brasil sitcom, exceto alguns casos, não são tão exigidos e aclamados.

The Ranch não parece muito promissor no papel tão quão menos em sua execução. Ashton Kutcher estrela como Colt, um ex-jogador de futebol semi-profissional que, depois de mais um fracasso, volta para casa para viver e trabalhar no rancho da família. Também trabalhando no rancho temos Beau (Sam Elliott) e Rooster (Danny Masterson), irmão mais velho de Colt. Também contamos com Maggie (Debra Winger), a matriarca forte que é dona do bar local e ocasionalmente dorme com seu ex-marido, e Abby (Elisha Cuthbert), ex de Colt. The Ranch soa como uma sitcom da CBS com muito multi-câmara, o que é um aspecto positivo para o gênero.

A história basicamente gira em torno dos problemas interpessoais dos personagens e a história não tende a possuir complexidade emotiva, social ou histórica. Considerando que se trata de um sitcom não posso pesar meus pareceres em cima dessas qualidades, porém, devemos lembrar que a base de qualquer humor é a construção dos personagens e seus envolvidos na trama e é justamente nisso que The Ranch falha miseravelmente. Maggie parece ser a única personagem que consegue agradar, todos os demais possuem uma atuação de mediana para ruim. Pelo gabarito dos atores podemos levar o foco das nossas críticas para a direção que para explorar o mínimo desses potenciais precisaria melhorar muito.

the runch review

As piadas não agradam, devemos sempre lembrar que estamos falando de um sitcom norte-americano e temos que nos adequar aos padrões do humor local, porém em diversos momentos você sabe que só foi contada uma piada por causa dos risos da “plateia”, poucas cenas possuem humor, geralmente se tratando ou de um humor infantil/adolescente como “fui fazer xixi em uma estátua” e trocadilhos como “peegasm” como assuntos machistas como falar que Colt usa “botas de mulher”.

Assistir The Ranch é deprimente, as piadas poderiam ser realmente piadas e te fazer rir, os personagens poderiam ser personagens de humor e não um meia boca entre humor e drama. A música, como um toque pessoal pois gosto de Country, agrada, mas não satisfaz. A fotografia é padrão. A direção é padrão. Hoje, se você quer fazer algo dentro dos moldes e padrões, você precisa se destacar por algo. A única coisa que destaca em The Ranch é sua falta de comprometimento, humor e personagem. O que me deixa realmente triste, porque poderia ser bom se fosse bem feito.

Essa ainda é a primeira temporada, mas eu aposto alguns reais que não vai melhorar.

Para algo ficar melhor primeiro ser bom em alguma coisa.

E você, já assistiu The Ranch? Não esqueça de deixar seu comentário e sua nota para o sitcom 😉

você pode gostar também Mais do autor

  • Philipe Joyce

    Uma análise com base em suas opiniões pessoais. Eu gostei da série.

  • Sequencia

    Eu quase parei no início quando li ”com piadas machistas”, tu acha que um rancheiro idoso que vive no colorado hoje em dia faz parte da nova geração vitimista do mimimi? kkkkkk eu sou da opinião que deve-se tentar retratar bem a realidade nas séries de comédia. Achei The Ranch fantástica, bem divertida para assistir no fim de um dia cansativo, os atores estão bons, cada personagem acrescenta de uma forma ou de outra para a série e Sam Eliott está sensacional como o patriarca, rouba a cena sempre que aparece.